Telefone: 11.4941-0688 11.4930-3537

Curso Analista da Qualidade

Curso Analista da Qualidade

ANALISTA DA QUALIDADE

 Curso de formação e aperfeiçoamento de pessoal para a área da qualidade.

Duração de 100 horas, com avaliação e certificado.

Programa

Planejamento

Estrutura organizacional – papéis da direção, do coordenador, do subcoordenador; do pessoal operacional; responsabilidade e autoridade.

Sistema da qualidade: estrutura da documentação.

Planejamento da qualidade: objetivos internos da qualidade (retrabalho, perdas, sucata); agenda com todos os eventos relevantes ao longo do ano.

APQP – Planejamento avançado da qualidade do produto e plano de controle.

Documentos internos da qualidade – padronização dos principais documentos: procedimentos, instruções de processo, padrões de manutenção, planos de controle.

Controles de especificações, documentos e registros: sistemática de controle de documentos e registros.

Normas e legislações específicas: controles de normas externas: ABNT, DIN, SAE e outras.

Requisitos de saúde, segurança e meio ambiente -  licenças e condicionantes; aspectos ambientais significativos; perigos e riscos de saúde e segurança no trabalho. Controles operacionais: destinação de resíduos/CADRIs; coleta seletiva e reciclagem; PPRA/ PCMSO; equipamentos de combate a incêndio; exame periódico.

Auditoria interna de sistema de gestão – programa de auditoria (processo e áreas); qualificação do auditor; relatório de auditoria; emissão de relatórios de não conformidades potenciais e reais; análise de causa, implementação de ações e verificação de sua eficácia.

Controle de materiais

Atividades de controle físico de matérias primas, intermediários, componentes e conjuntos visando a garantir sua integridade: mapeamento do fluxo do processo; controle de estoque intermediário; identificação de gargalos.

Identificação e rastreabilidade de matérias primas, componentes e produto final – etiquetas de identificação. Situação de inspeção de uma peça aprovada, reprovada, aguardando inspeção e suspeita. Critério de rastreabilidade, desde o recebimento da matéria prima, até a entrega ao cliente.

Controle de subfornecedor, seleção, desempenho e melhoria – critério de seleção: certificação de terceira parte, auditoria, histórico, indicação de cliente. Desempenho de entrega de matéria prima, monitoramento. Projetos de melhoria em conjunto: com subfornecedor; com cliente.

Documentação técnica de aquisição – conteúdo mínimo do pedido de compra: especificação, norma, qualidade (certificado), prazo de entrega, quantidade, condições de pagamento. Confirmação do pedido. Conferência da matéria prima versus pedido. Procedimento para atuar em situações de divergências.

Recebimento, estocagem e expedição: conferência física e preservação – critério de preservação e matéria prima, material em processo e produto final. Critério de estocagem: altura, peso, volume. Auditoria de expedição.

Controle de materiais não conformes – identificação do lote; área de segregação; emissão de relatório de não conformidade, ação de contenção, disposição, análise de causa, ação corretiva. Ação do subfornecedor na emissão de relatório de não conformidade. Instrução de retrabalho. Critério de aprovação de material retrabalhado. Identificação para o cliente.

Controle de padronização e integridade física das embalagens – critérios de preservação de embalagem; critérios de verificação de adequação de embalagem; área de armazenamento de embalagens; embalagens retornáveis.

Controle de processos

Objetivos. Controles preventivos e corretivos. Controle de produto e de processo. Relação de causa e efeito –
Y + f(X). Controle e garantia da qualidade. Controle de não conformidades. Disposição de material não conforme. Identificação e rastreabilidade.

Monitoramento e medição – plano de controle; definições operacionais (instruções operacionais); características de controle; classificação de defeitos. Pontos críticos. Responsabilidade de controle. Operador versus inspetor. Matriz de habilidades.

TPM – Manutenção: produtiva total; espontânea, planejada: perdas crônicas e acidentes; perda zero; processo 5S S; pilares do TPM;  capacitação e treinamento; desempenho operacional global e medições.

Controle estatístico do processo – noções gerais de cartas de controle; causas comuns e causas especiais; noções básicas de estatística; teorema do limite central; cartas por atributo (fração defeituosa, número de defeituosos; número de defeitos; número de defeitos por unidade). Cartas por variáveis: média/amplitude; valores individuais; média móvel/amplitude móvel. Construção dos gráficos. Limites de controle. Método do Farol.

Estudos de estabilidade e capabilidade dos processos – estabilidade do processo; sinais de estabilidade e de instabilidade; manutenção da estabilidade. Pré-controle – Método do Farol. Limites de controle e limites de especificação. Índices de capabilidade (unilateral e bilateral). Cp. Cpk. Cpm.

Controle de documentação, validação do produto e do processo – documentação técnica do processo. Controle das alterações. Validação do produto. Validação do processo.

Fluxo do processo - atividades do processo: com valor agregado; sem valor agregado. Perdas do processo: movimentação; excesso de produção; excesso de processamento; defeitos; espera; estoque; reprocessamento. Sistema kanban. Sistema Lean Manufacturing. Sistema Just-in-time. FMEA – Análise de Modo e Efeitos da Falha Potencial.

Introdução de novos produtos – desenho do novo processo. Transferência de tecnologia. Controle inicial e ajustes necessários. Manutenção da estabilidade com novo produto.

Auditorias de processo – planejamento e programação. Critérios de execução: fluxo natural; fluxo reverso; fluxo aleatório. O papel do auditor. Treinamento e capacitação do auditor. Amostragem na auditoria. Relatório de auditorias. Ações corretivas e acompanhamento.

Inspeção e testes – inspeção e testes no recebimento: critérios de aceitação (plano de controle, amostragem, freqüência, skip lot, equipamentos. Aprovação via relatório de qualidade do fornecedor. Notificação ao fornecedor em função de constatações (observações e não conformidades). Inspeção no fornecedor (antes da entrega). Elaboração  do RIAI (relatório de amostra inicial). Registros de inspeção. PPAP – Processo de aprovação de peça de produção.

Inspeção e testes no produto final – etiquetas de identificação; situação de inspeção de uma peça aprovada, reprovada, aguardando inspeção e suspeita. Critério de rastreabilidade, desde o recebimento da matéria prima, até a entrega final ao cliente.

Metrologia – confiabilidade metrológica. Identificação do instrumento de medição, seleção de instrumento para medição de características que afetam a qualidade (significativas e críticas), frequência. Critério de aceitação baseado na variação da tolerância de processo. Calibração, análise do certificado. Análise das medições anteriores para equipamentos que não atenderam a tolerância. Plano de ação para equipamentos não conformes. MSA – estudos estatísticos de estabilidade, repetibilidade, reprodutibilidade dos sistemas de medição para características especiais. Adequação dos sistemas de medição.

Auditoria de produto – cronograma baseado na característica da peça. Critérios: responsável, onde e quando realizar. Check list baseado nas necessidades do cliente: especificações, problemas de qualidade, características especiais, condições implícitas do processo. Registro de conformidades e de não conformidades. Tratamento das não conformidades.

Capacitação e recursos humanos

Teoria dos Erros. A importância do ser humano nos objetivos da qualidade. Fatores higiênicos do trabalho. Gestão da competência: formação, experiência; habilidades, treinamento. Conscientização para qualidade: conscientização do colaborador. Programas motivacionais. Treinamento e desenvolvimento de habilidades: identificação das necessidades. Planejamento. Multiplicadores e a Teoria do Funil. Controle da eficácia. Desenvolvimento das habilidades. Treinamento on-the-job. Treinamentos internos e externos. Controle de polivalência – documentação; medição da polivalência. Controle e melhoria da polivalência. Policompetência dos colaboradores.Conhecimento do produto/cliente – o trabalho de cada colaborador na função do produto final. Exposições; apresentações; visitas.

Solução de problemas e melhoria contínua

Conceitos e modelos de melhoria: melhoria contínua, kaizen, breakthrough. Ações de melhoria – conceitos básicos; ações corretivas; ações preventivas; identificação e registro; análise e acompanhamento. Análise e solução de problemas – modelos de solução de problemas: tentativa e erro; apagando incêndios; MASP; DMAIC (Seis Sigma); ações no processo e ações no produto final. DMAIC: histórico, finalidades, benefícios, escala e nível sigma. Etapas : Definir (contrato de trabalho; SIPOC; voz do cliente; definição do defeito); Medir (matriz de priorização, plano de coleta de dados, sistema de medição – reprodutibilidade, repetibilidade; estratificação; gráficos sequenciais, gráfico de Pareto, cartas de controle (revisão), Estudo de capabilidade do processo (revisão); Analisar (foco no problema, causas básicas, process door versus data door, estudo multi-vari, teste de hipótese, análise de regressão, análise de variância, projeto de experimentos; Melhorar (técnicas de criatividade, geração, priorização da solução, avaliação de riscos, escala piloto, plano de implementação; Controlar (plano de controle, processo de gestão de mudança, padronização e documentação, monitoramento da mudança, avaliação dos resultados, lições aprendidas).  MASP – Método de Análise e Solução de Problema: entendimento do problema; estabelecimento de objetivos de melhoria; análise das causas; discussão das propostas de melhoria; implementação do plano de melhoria; avaliação dos resultados; prevenção da reocorrência dos problemas. Lean Manufacturing – valor agregado e valor não agregado. Análise do fluxo: sistema puxado versus sistema empurrado; 7 perdas – muda. Standard work. Troca rápida de ferramenta (changeover). Mapeamento do fluxo de valor (atual, futuro, plano de ação de melhoria). Mistake proofing. Poka yoke. Métricas. Rendimento global do equipamento. 

 

INFORMAÇÕES GERAIS

Inscrições–  mediante ficha de inscrição e pagamento da taxa correspondente ao investimento.

Investimento -          R$  1.800,00 (sócios)

                                      R$  2.200,00 (não sócios)

· A partir de 3 inscrições pela mesma empresa, será oferecida inscrição ao preço de sócio.

Cancelamento:

 

 

Secretaria ABCQ

R. Ernesta Pelosini, 22 – conj. 216 -São Bernardo do Campo, SP

Tels. (11) 4941-0688/ 4930-3537

 E-mail  abcq@abcq.com.br

 FICHA DE INSCRIÇÃO - ANALISTA DA QUALIDADE

 

 Investimento:                Sócios ABCQ – R$ 1.800,00

                                          Não Sócios  – R$ 2.200,00

 

 

Pagamento a ser efetuado por:             Pessoa Física         CPF :________________________________________________________

                                                                 Pessoa Jurídica      CNPJ:________________________________________________________

 

 

Nome: _____________________________________________________________________________________________________

Endereço residencial: __________________________________________________________________________________________

Cidade: _______________________________

Estado: ______

CEP: __________________

DataNasc  :_____/_______/_____

Tel.: (          ) _____________________________

e-mail: ______________________________________________________________

Empresa: _____________________________________________________________________________________________________

Endereço ______________________________________________________________________________________________________

Cidade: ________________________________________________________

Estado: ___________

CEP: _______________________

Tel.: (         ) ________________________ Fax: (         ) _______________________ e-mail: ___________________________________

Cargo que ocupa: ____________________________________________________________________ Desde ______/ ______/ _____

Funções: ____________________________________________________________________________________________________

Nome e  depto. do responsável pelo pagamento: _____________________________________________________________________

Assinatura do inscrito____________________________________________ Carimbo Empresa__________________________________

         

 

 

F

 

Escola/Instituição (Nome/Cidade/Estado/País)_________________________________________________________________

O

____________________________________________________________________________________________________

R

 

M

Curso ______________________________________________________________________________________________

A

 

Ç

Modalidade __________________________________________________________________________________________

Ã

 

O

Ano de Graduação ______________________________________________________________________________________

Favor devolver preenchida a via original desta ficha de inscrição


Veja Também


Auditor de Sistema de Gestão da Qualidade

Auditor de Sistema de Gestão da Qualidade

 

Certificação CQE/ASQ

Certificação CQE/ASQ

 

Qualificação e Certificação de SGQ

Qualificação e Certificação de SGQ